Notícias

Estive no Congresso Nacional de Direitos Humanos realizado na UFPE. Mediei a discussão que tratou acerca da “Intolerância nas mídias e cultura de paz”.
O tema de trabalho dessa seção impõe-se como fenômeno multideterminado de inequívoca relevância, tendo em vista a apropriação crescente e naturalizada de falas ofensivas dirigidas às minorias, com o propósito de fomentar a exclusão social, potenciada pela velocidade das redes.

A agressividade presente nos discursos nas redes sociais somente revela preconceitos ‘cristalizados’ em nossa sociedade.
As máscaras sociais escondem, muitas vezes, desequilíbrios, carências, fragilidades, inclinações perversas, COVARDIA e POUCA VERDADE.
A dinâmica nas redes sociais, em razão da distância e do anonimato, favorece a ‘expressão’ desse lado putrefato e involuído da existência humana.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s